Início > Lançamentos, Musica Gospel, Notícias, Providencia Online, R7.com > Música gospel agita mercado fonográfico no Brasil

Música gospel agita mercado fonográfico no Brasil

A música gospel e a de orientação católica ampliam cada vez mais osseus horizontes e se firmam entre as mais rentáveis no mercadofonográfico brasileiro. Não faltam indicações para reforçar talafirmação.

A Som Livre, que até há pouco só se dedicava a produtos de músicasecular (aquela que não tem essência religiosa), conta há quase doisanos com um selo exclusivo para lançamentos gospel e católicos. Agravadora global já lançou quase 100 itens do gênero.

Em seu catálogo, eles contam com CDs e DVDs de alguns dos campeõesdo gênero, entre os quais os grupos Rosa de Saron, a cantora AlineBarros e o Padre Fábio de Melo, além do Ministério do Louvor Diante doTrono.

Quem em breve movimentará esse mercado será a Sony Music, queanunciou há pouco a criação de um selo dedicado à música gospel. Aindanão foram divulgados nomes que entrarão em seu elenco, mas especula-seque até 20 artistas serão contratados.

Se gravadoras que até há pouco torciam o nariz para a músicareligiosa entraram nesse ramo, é especialmente porque as gravadorasespecializadas no gênero souberam atuar de forma competente e e levá-loao auge atual.

Criada em 1992, a Line Records, por exemplo, conseguiu se firmarcomo uma das gravadoras mais importantes do setor. Atualmente, contacom nomes fortíssimos do gospel como Regis Danese, Soraya Moraes, J.Neto, Robinson Monteiro e Mara Maravilha.

A MK Music é outro selo importante, que atualmente conta em seuelenco com Aline Barros, que tem 33 anos e é uma das responsáveis pelaampliação do público deste gênero musical. A própria Som Livre jálançou uma coletânea com sucessos de Aline.

Uma das razões para a ampliação do público gospel e católico é ofato de esses gêneros terem mergulhado em outras influências musicaiscomo rock, soul, romantismo e MPB, o que tornou o estilo mais pop emais assimilável pelo grande público.

Um bom exemplo é o grupo Oficina G3. Trata-se de uma das bandas derock mais respeitadas do Brasil. Seu guitarrista Juninho Afram já foicapa inúmeras vezes de revistas seculares dedicadas ao instrumento.

O Catedral e o Rosa de Saron são outros grupos roqueiros que ajudaram a popularizar a música de cunho religioso.

Fonte: R7.com

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: