Ponto de Vista: Grife de igreja

Dou graças a Deus por ter nascido em lar evangélico. É uma honra
e uma bênção. Mas isso não me faz melhor que nenhum outro filho
de Deus, a saber, os que já O conheceram e foram remidos por Seu
sangue, mesmo que não nascidos de pais evangélicos.
Durante minha caminhada cristã, frequentei, basicamente, igrejas
presbiterianas, apesar de passar alguns anos frequentando a igreja
anglicana. 
Tenho em minha família membros de outras igrejas, como
batistas e assembleianos, por exemplo.
Lendo o livro de Atos dos Apóstolos, temos uma clara visão da
igreja primitiva, de como funcionava. E algo que desperta minha
atenção nela é a ausência da mão do homem transformando-a numa
instituição. Isso aconteceu com o passar dos anos, sabemos. Mas nos
primórdios, os vícios e as tendências ainda não existiam. Uma pureza de
comportamento e de propósito ainda era mais fácil de ser identificada.
At 5.42 descreve uma das atividades da igreja primitiva:
“E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar, e de
anunciar a Jesus Cristo”.
Interessante que, hoje em dia, muitas das igrejas parecem ter
esquecido sua missão de anunciar a Jesus Cristo! Isso sem falar de
outras atividades que exercem cujo viés em relação à igreja primitiva é
explícito.
Não quero e não vou citar uma ou outra denominação. Não se trata de
uma defesa do porquê frequentar uma delas especificamente.
O que não podemos e não devemos fazer é nos ater às grifes das
igrejas.
Uma igreja é formada por homens, os mesmos dos quais a Bíblia fala
que todos pecaram e necessitam da Sua Graça. A natureza pecaminosa
do homem acaba influenciando o trabalho das igrejas. Assim sendo,
sempre veremos algumas coisas que nos desagradam. A Igreja
Militante, essa terrena, é imperfeita. A Igreja Triunfante (a celestial)
será perfeita.
Alguns afirmam que a igreja XYZ é mais forte no louvor, outros dizem
que a igreja MNOP é a que mais tem ênfase na educação cristã. A
verdade é que em todas veremos pontos fortes e fracos.
A Igreja que Jesus tem como noiva é aquela formada pelos santos,
os salvos, os que tem Cristo como único e suficiente Salvador, que
confessaram seus pecados e obtiveram o perdão do Pai; nos quais o
Espírito Santo veio fazer morada.
Mas é extremamente importante que frequentemos as igrejas, as
que concordam com o parágrafo acima. É nelas que encontramos as
melhores oportunidades de crescimento espiritual e comunhão com
irmãos.
E é importante que as igrejas se espelhem na Igreja Primitiva, que
procurem viver biblicamente. O fato de haver denominações diferentes
explica-se, em parte, pelas formas diferentes de interpretação bíblica.
Mas cabe ao povo de Deus combater a discriminação entre as igrejas
evangélicas. Mesmo porque não acredito que haverá divisão por
denominações na Igreja Triunfante!
Desde os primeiros dias a igreja foi perseguida:
“E Saulo assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando
homens e mulheres, os encerrava na prisão. Mas os que andavam
dispersos iam por toda a parte, anunciando a Palavra.” (At 8.3-4)
Mas, mesmo em meio às perseguições o Evangelho era anunciado.
Igrejas se dividem nos nossos dias por questões humanas, por rixas e
picuinhas entre membros. Que bom que Deus, em Sua infinita sabedoria
e por Sua soberania, usa mesmo as divisões e perseguições para o
crescimento do Seu rebanho. Conheço igrejas fruto de divisões, que
se tornaram incríveis instrumentos de Deus para a multiplicação dos
recursos para se anunciar o Evangelho.
Vamos nos preocupar menos com a “grife” das nossas igrejas, somos
um só corpo em Cristo. Procuremos gastar mais nossas energias em
divulgar a Salvação em Cristo.
_____________________________
*Enos Moura Filho é Presbítero
na 1° I.P. de Guarulhos-SP
Fonte: Providência Online
____________________________________________________________________
Tem um artigo?
Deseja que seja publicado?

Envie para nós!

providencia@ipb.org.br
lucasdt@ipb.org.br
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: